Qual a relação de distúrbios do sono com dor crônica?

blog-image

Já é consenso que dormir bem é importante não apenas para garantir mais qualidade de vida, mas também para evitar complicações de disfunções já existentes em nosso organismo. Diversos estudos já comprovaram que a falta de sono aumenta riscos em cardiopatas, causam danos cognitivos em pessoas já afetadas por doenças relacionadas a este tipo de perda, e piora crises em portadores de dor crônica.
leia mais




Homens e mulheres lembram-se da dor de forma diferente

blog-image

A equipe das universidades McGill e Toronto (Canadá), descobriu que os homens (e os camundongos machos) se lembram claramente de experiências dolorosas anteriores. Como resultado, eles mostram-se estressados e hipersensíveis à dor posterior quando retornam ao local em que ela havia ocorrido anteriormente.
leia mais


Dra Juliana Badaró, Presidente da APAE, presente na inauguração do CER II de Coutos.

blog-image

O CER será especializado no atendimento de crianças, jovens e adultos com sequelas de traumas. As sequelas podem ser decorrentes de problemas como acidente vascular encefálico; lesão medular; amputações; traumatismo cranioencefálico; doenças neuromusculares; paralisia cerebral; síndromes genéticas que comprometam o aparelho locomotor; mielomeningocele; malformações congênitas; paralisia infantil; e neuropatias.
leia mais






Ondas de choque tratam dores crônicas

blog-image

Dores crônicas no joelho, ombro, cotovelo e tornozelo comprometem a qualidade de vida dos brasileiros. Dados do Ministério da Saúde apontam que a cada dez pessoas no país, quase quatro sofrem de alguma dor crônica – aquela que persiste por mais de três meses e atrapalha as atividades diárias. Na maioria dos casos, o problema resulta de uma dor aguda não tratada.
leia mais


CFM entra com recurso contra COFEN reafirmando decisão do STJ: Exercício da Acupuntura é Ato Médico

blog-image

No processo movido pelo Conselho Federal de Medicina - CFM contra o Conselho Federal de Enfermagem - COFEN, o citado Relator entendeu, e assim foi seguido pelos seus pares, contrariando toda a jurisprudência do País e decisões anteriores do próprio TRF-1, do Superior Tribunal de Justiça – STJ e do Superior Tribunal Federal - STF, que a Resolução COFEN 197/1997 era legal.
leia mais