Obesidade pode gerar dores crônicas no corpo

blog-image

Além de ser fator de risco para doenças cardiovasculares, pressão alta e colesterol elevado, a obesidade, que atinge mais da metade da população brasileira segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), também pode ser a causadora de dores no corpo. Isso porque o sobrepeso geralmente provoca alterações na postura, distúrbios do sono, alterações do humor e ainda promove substâncias inflamatórias no organismo.
leia mais


Mulheres são as que mais sofrem com a dor pélvica crônica

blog-image

Apesar de não ser tão conhecida, a dor pélvica crônica (DPC) chega a atingir cerca de 16% da população feminina, afetando principalmente mulheres na idade reprodutiva e está associada à disfunções físicas, emocionais, comportamentais e sexuais. A dor, sintoma mais frequente, muitas vezes, possui caráter constante e pode piorar no período pré-menstrual e menstrual.
leia mais


Mais de um terço dos brasileiros sentem alguma dor todos os dias

blog-image

Segundo um estudo feito pela Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor, 37% dos brasileiros convivem com a dor diariamente. Outra pesquisa, feita pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), concluiu que 50% dos adultos com depressão, analisados na cidade de São Paulo, sofrem com alguma dor crônica.
leia mais


“Pescoço de texto”: saiba como evitar a dor causada pelo uso excessivo de smartphones e tablets

blog-image

Os casos de “textneck” – pescoço de texto - são cada vez mais comuns e estão diretamente ligados com as tensões na nuca e no pescoço, causadas muitas vezes pelo tempo que a pessoa fica em uma posição incorreta para visualizar a tela do celular ou outros eletrônicos, como tablets e notebook. Atualmente, cerca de 180 milhões de brasileiros possuem smartphones e utilizam esses eletrônicos por mais de três horas por dia.
leia mais










Como saber se sua dor de cabeça é, na verdade, enxaqueca crônica

blog-image

Você acha que é normal ter dores de cabeça muito fortes de vez em quando. A dor é tanta que fica difícil abrir os olhos, se mover, conversar com as pessoas e se concentrar. Quando você está estressado - e no caso das mulheres, no período menstrual - essas "super dores de cabeça" costumam acontecer mais. Mas geralmente, basta tomar um analgésico ou um cafezinho, e ela melhora. Não há com o que se preocupar, certo? Errado.
leia mais