Especialistas em Dor da CTD marcaram presença em Congresso de Dor realizado em Londres, entre 1 e 4 de maio

blog-image

Entre os dias 01 e 04 de Maio, os especialistas em dor da CTD, Dr Durval Kraychete (CRM 10486), Dr Victor Baraúna (CRM 14159), Dr Vinicius Calumby (CRM 23619) e Dr Marcos Vinicius Couto (CRM 23621), estiveram presentes na 52ª Reunião Científica Anual da Sociedade Científica, realizada em Londres. O evento promovido pela Sociedade Britânica da Dor, realizado no Hilton London Tower Bridge, reuniu especialistas de várias partes do mundo.
leia mais


Síndrome Dolorosa Miofascial pode estar associada a estilo de vida não saudável

blog-image

A Síndrome Dolorosa Miofascial (SDM) é uma dor muscular, causada por uma excessiva contratura e inflamação do músculo. No local acometido, desenvolvem-se os famosos pontos de gatilho, que são nódulos no tecido muscular, formados em decorrência de fatores como má postura no trabalho, excesso de exercício, movimentos repetitivos ou traumas. É uma síndrome que pode ser acompanhada, como em outras situações de dor crônica, por transtornos de humor, frequente ansiedade e depressão.
leia mais




Qual a relação de distúrbios do sono com dor crônica?

blog-image

Já é consenso que dormir bem é importante não apenas para garantir mais qualidade de vida, mas também para evitar complicações de disfunções já existentes em nosso organismo. Diversos estudos já comprovaram que a falta de sono aumenta riscos em cardiopatas, causam danos cognitivos em pessoas já afetadas por doenças relacionadas a este tipo de perda, e piora crises em portadores de dor crônica.
leia mais




Homens e mulheres lembram-se da dor de forma diferente

blog-image

A equipe das universidades McGill e Toronto (Canadá), descobriu que os homens (e os camundongos machos) se lembram claramente de experiências dolorosas anteriores. Como resultado, eles mostram-se estressados e hipersensíveis à dor posterior quando retornam ao local em que ela havia ocorrido anteriormente.
leia mais


Dra Juliana Badaró, Presidente da APAE, presente na inauguração do CER II de Coutos.

blog-image

O CER será especializado no atendimento de crianças, jovens e adultos com sequelas de traumas. As sequelas podem ser decorrentes de problemas como acidente vascular encefálico; lesão medular; amputações; traumatismo cranioencefálico; doenças neuromusculares; paralisia cerebral; síndromes genéticas que comprometam o aparelho locomotor; mielomeningocele; malformações congênitas; paralisia infantil; e neuropatias.
leia mais