Intradermoterapia é o novo tratamento disponibilizado pela CTD no combate às dores crônicas e agudas

blog-image



O novo tratamento disponibilizado aos pacientes da CTD - Clínica de Terapia da Dor foi desenvolvido na França em 1952 pelo médico Michel Pistor, passando então a ser investigado de forma científica em diversos países europeus, culminando com sua homologação pela Academia Francesa de Medicina, em 1987, como pertencente às "Formas Clássicas de Medicina" e, portanto, sendo um ato terapêutico exclusivamente médico.
 
A técnica é indicada para diversas afecções localizadas do sistema músculo-esquelético como os casos de Tendinite/Tendinose/Tendinopatia das mais diversas articulações, sendo as dos membros superiores (ombro, cotovelo, também chamadas de epicondilite e punho) conhecidas como as Doenças Ocupacionais ou LER/DORT; e ainda as dos membros inferiores (quadril, joelho, tornozelo e as denominadas Entesopatia do calcâneo e Fasciíte plantar). 
 
O tratamento ainda apresenta excelentes resultados nas Síndromes Compressivas dos Nervos Periféricos como a Síndrome do Túnel do Carpo e do Canal de Guyon, entre outras neuropatias dolorosas.
 
Este método terapêutico ainda é de grande valia no tratamento das artropatias que tem como exemplo mais comum as Artroses de joelho e quadril mas, também, as menos comuns como as localizadas na articulação do polegar, chamada de Rizoartrose.
 
Também apresenta eficácia importante nas afecções da coluna vertebral onde há contratura do complexo músculo-ligamentar que é a causa mais comum de Lombalgia, como também em diversas situações de Dorsalgia, Cervicalgia e nas Síndromes Dolorosas Miofasciais.
 
Ainda vemos grande eficácia no tratamento de alguns tipos de Cefaléia, especialmente nas Cefaléias Cervicogênicas e nas Tensionais.
 
 
Este tratamento médico utiliza-se da administração intradérmica (camada de tecido logo abaixo da pele) de uma mescla de medicamentos, apresentando como vantagem o uso de uma mínima dose para uma máxima eficácia. Sua aplicação é feita através de agulhas especiais e de pequeno calibre, em pontos específicos, com medicamentos escolhidos pelo médico e de acordo com cada caso.
 
O tratamento consiste na maioria das vezes em 3 sessões com intervalo semanal, sendo indicada nos quadros agudos e crônicos e, em especial, nos traumas do esporte pois possibilita uma rápida melhora funcional e o retorno ao esporte com maior brevidade.
 
 
Quer entender melhor como a Intradermoterapia pode te ajudar a ter de volta uma vida livre de dor?
 
Marque já uma consulta com um de nossos especialistas.
3032-0050 ou 3113-1050.