FDA aprova uso de ondas de choque no tratamento de úlceras diabéticas

blog-image



Em 28 de dezembro de 2017, o FDA (U.S. Food and Drug Administration) aprovou a comercialização de equipamento de ondas de choque para o tratamento de úlceras de pés diabéticos. Indicado em feridas de tamanho até 16 cm2, atingindo epiderme, derma, tendão ou capsula, mas sem exposição óssea. Foram analisados 2 estudos multi centricos , randomizados e duplo cegos, num total de 336 pacientes diabéticos , comparando-se 2 grupos, o primeiro associando as ondas de choque   aos tratamentos usuais e outro grupo sem acrescentar as ondas de choque.

Os resultados se mostraram superiores no grupo tratado com ondas de choque, em relação a cicatrização das feridas. Por ser doença crônica e de alto risco para amputações, esta tecnologia já vem sendo utilizada em alguns países, para o tratamento de feridas crônicas de pele, com bons resultados.


Dr Paulo Roberto Dias dos Santos
Presidente do Comitê de Ondas de Choque da SBED
Ortopedista  - Grupo de Ondas de  Choque – DOT – UNIFESP


Fonte: SBED